Marcolino BRSP

Tecnologia, piadas, religião e polítca.

Marcolino BRSP - Tecnologia, piadas, religião e polítca.

Salmos 144 – NVI

Salmos 144 Davídico.

 1 Bendito seja o Senhor , a minha Rocha, que treina as minhas mãos para a guerra e os meus dedos para a batalha.

2 Ele é o meu aliado fiel, a minha fortaleza, a minha torre de proteção e o meu libertador, é o meu escudo, aquele em quem me refugio. Ele subjuga a mim os povos.

3 Senhor , que é o homem para que te importes com ele, ou o filho do homem para que por ele te interesses?

4 O homem é como um sopro; seus dias são como uma sombra passageira.

5 Estende, Senhor , os teus céus e desce; toca os montes para que fumeguem.

6 Envia relâmpagos e dispersa os inimigos; atira as tuas flechas e faze-os debandar.

7 Das alturas, estende a tua mão e liberta-me; salva-me da imensidão das águas, das mãos desses estrangeiros,

8 que têm lábios mentirosos e que, com a mão direita erguida, juram falsamente.

9 Cantarei uma nova canção a ti, ó Deus; tocarei para ti a lira de dez cordas,

10 para aquele que dá vitória aos reis, que livra o seu servo Davi da espada mortal.

11 Dá-me libertação; salva-me das mãos dos estrangeiros, que têm lábios mentirosos e que, com a mão direita erguida, juram falsamente.

12 Então, na juventude, os nossos filhos serão como plantas viçosas, e as nossas filhas, como colunas esculpidas para ornar um palácio.

13 Os nossos celeiros estarão cheios das mais variadas provisões. Os nossos rebanhos se multiplicarão aos milhares, às dezenas de milhares em nossos campos;

14 o nosso gado dará suas crias;não haverá praga alguma nem aborto.Não haverá gritos de aflição em nossas ruas.

15 Como é feliz o povo assim abençoado!Como é feliz o povo cujo Deus é o Senhor !

Orar pelos filhos… ou não?

“Tempos atrás, eu era vizinho de um médico, cujo “hobby” era plantar árvores no enorme quintal de sua casa. Às vezes, observava da minha janela o seu esforço para plantar árvores e mais árvores, todos os dias. O que mais chamava a atenção, entretanto, era o fato de que ele jamais regava as mudas que plantava.Passei a notar, depois de algum tempo, que suas árvores estavam demorando muito para crescer.

 

Certo dia, resolvi então aproximar-me do médico e perguntei se ele não tinha receio de que as árvores não crescessem, pois percebia que ele nunca as regava.Foi quando, com um ar orgulhoso, ele me descreveu sua fantástica teoria. Disse-me que, se regasse suas plantas, as raízes se acomodariam na superfície e ficariam sempre esperando pela água mais fácil, vinda de cima.

Como ele não as regava, as árvores demorariam mais para crescer, mas suas raízes tenderiam a migrar para o fundo, em busca da água e das várias fontes nutrientes encontradas nas camadas mais inferiores do solo. Assim, segundo ele, as árvores teriam raízes profundas e seriam mais resistentes às intempéries.Disse-me ainda, que freqüentemente dava uma palmadinha nas suas árvores com um jornal enrolado, e que fazia isso para que se mantivessem sempre acordadas e atentas.

Essa foi a única conversa que tive com aquele meu vizinho.Logo depois, fui morar em outro país, e nunca mais o encontrei.

Vários anos depois, ao retornar do exterior fui dar uma olhada na minha antiga residência. Ao aproximar-me, notei um bosque que não havia antes.Meu antigo vizinho havia realizado seu sonho!O curioso é que aquele era um dia de um vento muito forte e gelado, em que as árvores da rua estavam arqueadas, como se não estivessem resistindo ao rigor do inverno. Entretanto, ao aproximar-me do quintal do médico, notei como estavam sólidas as suas árvores: praticamente não se moviam, resistindo implacavelmenteQue efeito curioso, pensei eu…As adversidades pela qual aquelas árvores tinham passado, levando palmadas e tendo sido privadas de água, pareciam tê-las beneficiado de um modo que o conforto o tratamento mais fácil jamais conseguiriam.

 

Todas as noites, antes de ir me deitar, dou sempre uma olhada em meus filhos.Debruço-me sobre suas camas e observo como têm crescido. Freqüentemente, oro por eles.Na maioria das vezes, peço para que suas vidas sejam fáceis:”Meu Deus, livre meus filhos de todas as dificuldades e agressões desse mundo”…Tenho pensado, entretanto, que é hora de alterar minhas orações. Essa mudança tem a ver com o fato de que é inevitável que os ventos gelados e fortes nos atinjam e aos nossos filhos.Sei que eles encontrarão inúmeros problemas e que, portanto, minhas orações para que as  dificuldades não ocorram  têm sido ingênuas demais. Sempre haverá uma tempestade, ocorrendo em algum lugar.

 

Portanto, pretendo mudar minhas orações.Farei isso porque, quer nós queiramos ou não, a vida não é um mar de rosas.

Ao contrário do que tenho feito, passarei a orar para que meus filhos cresçam com raízes profundas, de tal forma que possam retirar energia das melhores fontes, das mais divinas, que se encontram nos locais mais remotos.

Oramos demais para termos facilidades, mas na verdade o que precisamos fazer é pedir para desenvolvermos raízes fortes e profundas, de tal modo que quando as tempestades chegarem e os ventos gelados soprarem, resistiremos bravamente, ao invés de sermos subjugados e varridos para longe.”

Conversa entre duas crianças

No ventre de uma mulher grávida estavam dois bebês. O primeiro pergunta ao outro:

- Você acredita na vida após o nascimento?

- Certamente. Algo tem de haver após o nascimento. Talvez estejamos aqui principalmente porque nós precisamos nos preparar para o que seremos mais tarde.

- Bobagem, não há vida após o nascimento. Como verdadeiramente seria essa vida?

- Eu não sei exatamente, mas certamente haverá mais luz do que aqui. Talvez caminhemos com nossos próprios pés e comeremos com a boca.

- Isso é um absurdo! Caminhar é impossível. E comer com a boca? É totalmente ridículo! O cordão umbilical nos alimenta. Eu digo somente uma coisa: A vida após o nascimento está excluída – o cordão umbilical é muito curto.

- Na verdade, certamente há algo. Talvez seja apenas um pouco diferente do que estamos habituados a ter aqui.

- Mas ninguém nunca voltou de lá, depois do nascimento. O parto apenas encerra a vida. E afinal de contas, a vida é nada mais do que a angústia prolongada na escuridão.

- Bem, eu não sei exatamente como será depois do nascimento, mas com certeza veremos a mamãe e ela cuidará de nós.

- Mamãe? Você acredita na mamãe? E onde ela supostamente está?

- Onde? Em tudo à nossa volta! Nela e através dela nós vivemos. Sem ela tudo isso não existiria.

- Eu não acredito! Eu nunca vi nenhuma mamãe, por isso é claro que não existe nenhuma.

- Bem, mas às vezes quando estamos em silêncio, você pode ouvi-la cantando, ou sente, como ela afaga nosso mundo. Saiba, eu penso que só então a vida real nos espera e agora apenas estamos nos preparando para ela…

 

(Autor desconhecido)[bb]

Tente não chorar

A Mãe deu um pulo assim que viu o cirurgião a sair da sala de operações.

Perguntou:
- Como é que está o meu filho? Ele vai ficar bom?
- Quando é que eu posso vê-lo?

O cirurgião respondeu:
- Sinto muito. Fizemos tudo mas o seu filho não resistiu.

Sally perguntou:
- Porque razão é que as crianças pequenas tem câncer? Será que Deus não se preocupa?
- Aonde estavas Tu, Deus, quando o meu filho necessitava?…

O cirurgião perguntou:
- Quer algum tempo com o seu filho? Uma das enfermeiras irá trazê-lo dentro de alguns minutos e depois será transportado para a Universidade.

Sally pediu à enfermeira para ficar com ela enquanto se despedia do seu filho. Passou os dedos pelo cabelo ruivo do seu filho.

- Quer um cachinho dele? Perguntou a enfermeira.
Sally abanou a cabeça afirmativamente.

A enfermeira cortou o cabelo e colocou-o num saco de plástico, entregando-o a Sally.

- Foi idéia do Jimmy doar o seu corpo à Universidade porque assim talvez pudesse ajudar outra pessoa, disse Sally. No início eu disse que não, mas o Jimmy respondeu:
- Mãe, eu não vou necessitar do meu corpo depois de morrer. Talvez possa ajudar outro menino a ficar mais um dia com a sua mãe.

Ela continuou:
- O meu Jimmy tinha um coração de ouro. Estava sempre  pensando nos outros. Sempre disposto a ajudar, se pudesse.

Depois de ter passado a maior parte dos últimos seis meses, Sally saiu do “Hospital Children’s Mercy” pela última vez.
Colocou o saco com as coisas do seu filho no banco do carro ao lado dela.
A viagem para casa foi muito difícil.
Foi ainda mais difícil entrar na casa vazia.

Levou o saco com as coisas de Jimmy, incluindo o cabelo, para o quarto do seu filho.
Começou a colocar os carros e as outras coisas no quarto exatamente nos locais onde ele sempre os teve.
Deitou-se na cama dele, agarrou a almofada e chorou até que adormeceu.

Era quase meia-noite quando acordou e ao lado dela estava uma carta.

A carta dizia:
-Querida Mãe,
Sei que vai ter muitas saudades minhas; mas não pense que vou esquecer de você, ou que vou deixar de te amar só porque não estou por perto para dizer:”TE AMO”.
Eu vou sempre te amar cada vez mais, Mãe, a cada dia que passe.
Um dia vamos estar juntos de novo. Mas até chegar esse dia, se quiser adotar um menino para não ficar tão sozinha, por mim está bem.
Ele pode ficar com o meu quarto e as minhas coisas para brincar. Mas se preferir uma menina, ela talvez não vá gostar das mesmas coisas que nós, garotos, gostamos.
Vai ter que comprar bonecas e outras coisas que as  meninas gostam, vc sabe.
Não fique triste pensando em mim. Este lugar é mesmo fantástico!
Os avós vieram me receber assim que eu cheguei para me mostrar tudo, mas vai demorar muito tempo para eu poder ver tudo.
Os Anjos são mesmo lindos! Adoro vê-los a voar!
E sabe de uma coisa?… Jesus não parece nada como se vê nas fotos, embora quando O vi, O tenha conhecido logo.
Ele levou-me a visitar Deus!
E sabe de uma coisa?…
Sentei-me no colo d’Ele e falei com Ele, como se eu fosse uma pessoa importante. Foi quando lhe disse que queria escrever esta carta, para te dizer adeus e tudo mais.
Mas eu já sabia que não era permitido.
Mas sabe de uma coisa Mãe?…
Deus entregou-me papel e a sua caneta pessoal para eu poder te escrever esta carta.
Acho que Gabriel é o anjo que te vai entregar a carta.
Deus disse para eu responder a uma das perguntas que vc Lhe fez,
“Aonde estava Ele quando eu mais precisava?”…
Deus disse que estava no mesmo lugar, tal e qual, quando o filho dele,
Jesus, foi crucificado. Ele estava presente, tal e qual como está com todos os filhos dele.
Mãe, só vc é que consegue ver o que eu escrevi, mais ninguém.
As outras pessoas veem este papel em branco.
É mesmo maravilhoso não é!?…
Eu tenho que dar a caneta de volta a Deus para ele poder continuar a escrever no seu Livro da Vida.
Esta noite vou jantar na mesma mesa com Jesus.
Tenho a certeza que a comida vai ser boa.
Estava quase esquecendo: já não tenho dores, o câncer já  foi embora.
Ainda bem, porque já não podia mais e Deus também não podia ver-me assim.
Foi quando ele enviou o Anjo da Misericórdia para me vir buscar.
O anjo disse que eu era uma encomenda especial! O que acha disto?…
Assinado com Amor de Deus, Jesus e de Mim.

 

Se chegou até aqui, use os botões do Facebook e compartilhe. Tente não chorar e tente não compartilhar. Eu sei que o Espírito Santo vai tocar sua vida quando você compartilhar, te iluminará e te trará uma paz e alegria que perdurará por todo o dia. Eu sei porque assim eu estou. Graças a Deus.[bb]

 

Filme: A filha do Mal.

 

Um filme do tipo "Faz de Conta que é um documentário", no mesmo esquema de Bruxa de Blair.

Eles remechem as histórias de exorcismos mal suscedidos praticados pela igreja Católica, e transformam isso em um fundo para o filme, onde a mãe da moça aí em cima ( Fernanda Andrade que vive o papel de protagonista, com o papel de Isabella Rossi ) está controlada de forma psiquiátrica após um exorcismo mal suscedido, nos EUA.

Minha opnião sobre o filme é que remecher esse assunto é polêmico. E, logo de cara, vejo três erros clássicos no tipo de exorcismo que é praticado no filme:

 

1) Usa-se o ritual romano ( nada contra ), mas sem estar debaixo da autoridade da igreja. Quebra de autoridade é prato cheio para demônio ter oportunidade de transferência durante ritual de exorcísmo.

2) Usa-se evidências científicas em demasiado. Análise clínica em sintomologia de possessão é uma piada daquelas... mas enfim!

3) Um exorcismo deve ser conduzido fora da presença de pessoas incrédulas e/ou fracas na fé.

 

embedded by Embedded Video

YouTube Direkt

 

Se você for como eu, um estudioso/curioso do assunto o filme valerá mais a pena. Se for atrás de um filme de terror, esquece, água com açucar ...

A essência do amor

Minha filha, Aline Raquel, enviou essa “palavra de conhecimento” em 10/07/2010!

Hoje eu reli e decidi compartilhas com vocẽs que são leitores e assinantes deste blog. Se eu tivesse lido com o coração mais aberto como li hoje, muito mais felicidade haveria na minha vida!

Perguntei pra Deus o que era o amor,e ele me respondeu
-É conhecer as qualidades e os defeitos de alguém e não julgá-la. É tentar auxiliar em tudo e estar presente. Ser um motivo de alegria àquela pessoa,admirá-la incondicionalmente,saber o que ela quer ouvir e mesmo assim dizer o que ela precisa ouvir. Confiar cegamente, pensar primeiro na vontade da pessoa e não na sua, sofrer quando ela sofre, se alegrar só porque ela esta alegre, respeitar, compreender. Amar é simples para Deus mas complexo demais para os homens, por causa da soberba e do individualismo: ninguem se dá pelo outro,ninguem!

 

 

Ouvindo tudo aquilo comecei a chorar. Deus, observando-me, sabia o motivo porque Ele me ama e conhece o meu coração. Mesmo assim perguntou-me:

 

 

-Por que choras?

 

 

-De vergonha, se o amor é tudo isso que o Senhor me disse devo te pedir perdão, porque concluí que não te amo como pensava. Eu quero Jesus te amar dessa maneira que dissestes a mim…

 

 

-Através do amor conseguimos liberar muito mais coisas e uma delas é o perdão. Filha eu te compreendo, conheço as suas dificuldades, conheço a sua trajetória de vida e conheço você.Sei que no seu coração desejas realmente amar-me com sinceridade e de forma verdadeira e completa, conheça-me para que possas amar.

 

O amor é o maior poder do Universo. Como eu sei ? Até Deus escolheu operar através do AMOR! Pense nisso…

%d blogueiros curtiram isso: