Marcolino BRSP

Tecnologia, piadas, religião e polítca.

Marcolino BRSP - Tecnologia, piadas, religião e polítca.

Uma coisa é certa: neném é nenem e não importa o tempo

Cara ontem eu causei no Facebook!

Lancei um post dizendo que eu estava esperando um neném…

Viral-Nenem

Cara… nunca dá para imaginar a repercursão das coisas que postamos…

Ligações esbravejando, pessoas concluindo coisas sobre mim, pessoas dizendo o que queriam e muitos, muitos, muitos parabéns!

Fora a curiosidade de todos…

Bem, para curiosodade de todos o neném não é FILHO ou FILHA! É só um jeito carinhoso de me referir a minha gata.

2013-03-19 01.17.11

Esse final de semana eu mal tive tempo de ficar com ela. Espero me redimir no próximo. Ela é um amor, me espera na cama todos os dias para dormir. Ela é tudo.

Mas se fosse um bebê de verdade, Deus sabe, como eu ficaria feliz. Seria um grande Milagre!

E eu tenho já a escolha de com quem eu queria que acontecesse esse milagre… porque um momento desses você tem que escolher bem!

Em tempo, não eu não vou ser pai de novo. Não, não vou entrar em disputa ou tenha conseguido a guarda das minhas filhas e também não é o caso de eu estar envolvido em uma adoção.

No tempo de Deus, os filhos que me abrigarão em mimha velhice me serão dados. Porque se Abraão teve o filho da promessa, eu também ei de ter.

Valeu pelas ligações e valeu pelos parabéns… e desculpe o mau entendido galera!

Passo pra lá, passo pra cá…

Dança é uma coisa que nós NERDs, kkkkkkkkk, NUNCA nos aventuraremos…

Eu tenho uma filha que dança… e como bom NERD eu comecei a me interessar. Nomes de movimentos, tipos de coreografias… manual de instrução é comigo mesmo.

Mas eu sei que a dança, como a música, a poesia, as artes plástiscas… não existe um manual. Vem da alma. E a alma não se aprende, se nasce.

Enquanto eu tentava aprender sobre o assunto, eu tive ao mesmo tempo que lidar com vários problemas… porque a Aline, quando iniciou na dança, logo em seguida passou pelos pior que um filho pode passar. Seus pais se separando.

E alma dela ficou triste. E isso refletiu no primeiro exame, eu me lembro bem… Ela hoje falou sobre isso ” – … pai lembra no meu primeiro exame, nossa a avaliadora me falou algo que eu não esqueço: Disse que eu não estava dançando…”.

Me cortou o coração. Ela não sabe, eu sei. Ela estava simplesmente presa por causa de tudo que estava acontecendo com a gente. Hoje, 04 anos depois chegou o dia dela se formar.

Ela está arrasando como bailarina. Ela está nervosa, ansiosa … mas só elogios pra ela. A Aline dança muito.

Ela aprendeu nesses 04 anos a dançar conforme a música. Driblas os problemas… driblar as coisas.

Hoje ela prestou FUVEST! Novos desafios surgiram depois do vestibular, dúvidas, perguntas… eu estava lá. Não tenho todas as respostas. Mas sei que ela vai encontrar.

Nesses 04 anos aprendi com ela a dançar conforme a música. E como eu sou prego. Ela dança bem melhor que eu, sei lá se é coisa de pai… mas ela é aquilo que eu queria ser. Dança muito com a vida. Ela sabe os passos que tem que dar, não erra. IMPRESSIONANTE.

Ela com 17 anos respirou e entrou pra fazer a prova. Sabendo que tinha uma missão. Não se abateu. Não duvidou.

Dança MUUUUUITOOOO… se mudar a música, ela acerta o passo. Se os pais se separam, acerta o passo. Se tem que trabalhar, estudar mais, procurar uma alternativa… acerta o passo.

Essa minha filha é meu orgulho. Abaixo a foto da minha PREFERIDA! Desculpem, adoro vários bailarinos. ELA SEMPRE SERÁ A MELHOR! Dança filha,você arrebenta….

embedded by Embedded Video

YouTube Direkt

 

A rosa é sua…

Recebi hoje a tarde uma missão: ir ao supermercado! Lista de compras:

Requeijão, Fubá, Açucar, Papel Higiênico, Pó de Café, Chá da soneca… coisas para deixar no Kitnet.

A Gabi veio dar um jeito no Kitnet. Eu sou um bagunceiro… e ando meio atribulado e não consegui arrumar as coisas. Ela veio fazer isso.

Nossa relação está indo legal, mas ainda estamos nos conhecendo. Todo dia uma novidade. Os altos e baixos da cirurgia, as pressões do trabalho, a correria de sermos pai e mãe… procuramos ser felizes.

Ela está triste porque vai viajar sozinha. Eu quero que ela descanse.

Já estou no mercado em meio a esses pensamentos… procurando as coisas que estão na lista… pensando nos preços, na qualidade. Papel Higiênico não dá para economizar na qualidade. Pó de café ídem! Enfim…

O que eu posso comprar para nós aqui no mercado ? Já sei! Um Panetone de Goiabada!

Puz no carrinho mas… acho que não é isso…

A vida da gente está muito definida mas ao mesmo tempo a relação é muito complicada. As crianças, em grande quantidade :-), ocupam muito de nosso tempo e consomem muito de nossa energia… Tereza tá trabalhando… agora a vida de adulta começa.  A Aline se matando de estudar… A Thamires … o Luiz… A Alícia dodói…

Pera já sei o que comprar para nós! Perfeito!

02 escovas de dentes. Uma azul e a outra rosa!

Desde que eu comecei a morar aqui no Kitnet, ela traz a dela pra cá e eu levo a minha pra lá.

Paguei. Cheguei em casa. E mostrei… ACERTEI NA MOSCA!

” – A rosa é sua amor…” – disse Marcolino

Com um sorriso enorme… ” – Obrigada, eu te amo!”.

Deus obrigado por ser assim, fácil, agradar a mulher da minha vida.

Errar não é pecado. Deixar de viver é!

Hoje estava pensando. As pessoas ensinam, na igreja, que não devemos errar, pois é errado e isso desagrada a Deus. Deus não compactua com o erro do ser humano e o chama de PECADO.

Mas errar é HUMANO. E só erra quem VIVE.

Na busca da fórmula para não errar, as pessoas começam a abrir mão da vida. Sim, porque quem vive pode errar.

Jesus disse ” Eu vim para que tenhais vida, e vida em abundância”.

Ora, viver nada mais é do que acertar e errar. E errar é parte da vida.

Ai vem o discurso que devemos imitar a Cristo, que ele não errou, não pecou. Claro que não, ele era o Cristo. Mas ele disse para a todos que precisavam: perdoados são os seus pecados…

Eu penso que errar não é pecado. Deixar de errar é que é. E, quando erramos, já somos perdoados porque não estamos mortos mas caminhando.

Deus obrigado pela sua imensa misericórdia. Queria que os homens soubessem não cometer esse erro:  o de não praticar o perdão.

Deus que eu saiba perdoar. QUE EU NÃO ERRE.

Tamires, eu te amo.

Uma semana enchendo a cara.

Que fique bem claro… PINGA NÃO! Bons vinhos…

Two Ocenas, Porto e por aí foi…

Que semana. Cabeça a mil, resolvi testar a receita de encher a cara. Muitos me disseram, mais de uma vez, que eu tomo remédios para depressão porque não bebo. Então resolvi beber.

Essa semana, eu passei um inferno no trabalho. Pedi demissão, e acabei voltando atrás.

Na vida pessoal, a Alícia, meu coração, está com sinusite. Minha EX teve a manha de me dizer que é culpa minha, pois dou sorvete para ela nos finais de semana. Num sei nem como expressar minha indignação ao ouvir uma asneira dessas.

No feriado, dia 07 de setembro, minha filha Aline Raquel veio na esquina da minha casa e tava indo embora sem me ver. Cara eu me senti um lixo nesse dia. Mas, para castigo dela, ela foi esperar ônibus no ponto errado e se não é o trouxa do pai dela, que colocou no último ônibus com segurança, vai saber o que teria ocorrido.

Tive uma DR daquelas com a Gabi. Ela não gostou de 99% do que eu disse. Mas eu tinha que falar. Problemas com as crianças, para variar…

Junta tudo isso com o fato de que a depressão esta semana atacou forte. Resolvi encher a cara todo dia. Dormi bêbado TODOS OS DIAS DA SEMANA ( Segunda, Terça, Quarta, Quinta…)

Depois de uma semana fazendo isso, o que eu descubro: depois que passa o efeito, a depressão simplesmente volta. Olha que perigo!

Por isso muitos deprimidos se tornam alcoolatras. Durante o efeito da bebida, de fato, você sente que aquela angústia dolorida desaparece. Mas passou o efeito da bebida ela volta bem mais forte.

BEM MAIS FORTE! BEM MAIS FORTE! A depressão depois que eu bebia vinha BEM MAIS FORTE.

Na Sexta-feira, tomei meu remédio.  Passei um final de semana ÓTIMO! E pretendo continuar assim. Sóbrio, com meus remédios. Eles dão resultado, o resto é resto.

Não trabalho mais na Tivit e moro em um Kitnet ( ou seria quitenete ? )

Galera quanto tempo não dou atenção a vocês que seguem meu blog.

A vida deu tantas guinadas que tenho que ir por partes.

1) Não trabalho mais na Tivit!

Galera, mudei de emprego. Foram 2 anos em que trabalhei muito. Muito. MUITO! Mas, tudo um dia muda e fui convidado a fazer parte da equipe de TI das lojas Marisa. Estou lá desde o dia 11/07, trabalhando com aplicações. Nada novo do ponto de vista de tecnologias, apenas um emprego muito melhor. Aliás nem se comparam as pessoas e as condições de trabalho. DEUS OBRIGADO PELO NOVO EMPREGO!

Na Tivit deixei muitos amigos e meu amor que ainda trabalha lá, a Gaby. Foi uma decisão fácil, tenho que dizer. Já não estava mais tão feliz e motivado no emprego como antes e isso é muito ruim para você e para as pessoas com quem você trabalha.

Além disso, nem preciso dizer da carga de trabalho né… empresas de serviço de TI são sempre lugares onde se trabalha muito mesmo! Então vamos economizar os comentários.

A proposta foi melhor principalmente por causa do desafio que a Marisa vai me proporcionar. A grana foi praticamente a mesma.

2) Agora moro num Kitnet.

Galera estou morando sozinho. Tivemos alguns revezes de relacionamento, eu e a Gabriela, por causa da Thamires. Então, achamos melhor darmos um passo atraz e deixarmos de morar juntos. Isso, até o momento, está se mostrando melhor para nossa relação. Estamos juntos, ela está aqui agora se trocando para sairmos. Nosso amor é grande.

As brigas, relacionadas a despautérios de comportamento da Thamires, estavam desgastando demais nossa relação.

Morar sozinho é legal.

O desafio é acordar no horário. 35 anos com alguém me chamando de manhã e agora eu tenho que acordar SOZINHO, fazer meu café, deixar a casa em ordem e ainda sair no horário… tá bem difícil isso. O resto tranquilo.

Valeu galera!

%d blogueiros curtiram isso: